MAS QUEM DISSE QUE A ROTINA LIVRA O FIM DE SEMANA?
BLOG DE UMA VIDA SOCIAL, DIGAMOS, NÃO MUITO AGITADA...

segunda-feira, 31 de março de 2008

Esperando na Janela...


Ultimamente meus dias não se resumem a outra coisa que não seja estudar. A faculdade está me enlouquecendo, como sempre acontece em fim de período. Sem contar que estou estudando para um concurso para o qual vale a pena se dedicar. Muita gente fala de estudo como uma coisa ruim, enfadonha, complicada, difícil. Eu tenho feito isso ultimamente. Mas era só porque eu tinha perdido o hábito e esquecido de como o mundo do conhecimento é precioso e traz consequencias preciosamente boas. Claro que a obrigação tira um pouco da mágica, mas não diminui nem um pouco o valor de tão nobre atividade. Lembro-me do tempo em que eu almejava ser uma grande conhecedora do mundo. Imaginava-me sabida das coisas da Política, da Arte, da Ciência, da História, da Natureza, do Cosmo. Imaginava ser aquela a quem sempre as pessoas perguntariam coisas. E eu esperava realizar isso na faculdade. Mas ela me frustou de tal modo que eu perdi o encanto e o que era um prazer tornou-se um fardo. Eu perdi o foco, e o meu grande objetivo de vida evaporou como água a 100°C. E só agora, estudando mais uma vez por obrigação, eu comecei a recordar esse tempo de aspirações adolescentes e lembrar a mim mesma o quanto esse objetivo é alcançável tão quanto eu queira. Voltei a ler, o que é um bom recomeço. Ótimo, aliás. Ainda vou falar quatro línguas, escrever um livro e ser uma formadora de opinião. Sempre acreditei que poderia ser o que eu quisesse tão logo eu quisesse pois confio na minha capacidade, ainda que não tenha determinação ou motivação o suficiente e ainda não sei totalmente o que quero ser. O que sei é que tenho que resolver logo e deixar de lado essa tal crise boba dos 20, pois do contrário não terei todo tempo do mundo e não poderei adiar tudo pra sempre como fazia até pouco tempo atrás e como, aliás, ainda teimo em fazer. Vivo dizendo pra mim mesma que a hora é agora, mas ainda estou sentada olhando a vida passar pela janela.

domingo, 23 de março de 2008

Êeeeeehhhhhh!




Com o erro estúpido de Felipe Massa e seu consequente abandono de prova e com a vitória competentíssima de Kimi, meu domingo amanheceu melhor.

terça-feira, 18 de março de 2008

A Deborah Secco não escova os dentes!

Em sua visita à casa do BBB Deborah falou que tinha vergonha de escovar o dente na frente das câmeras. Não! Ela não escova os dentes, meu povo. Segundo ela mesma, ela escova O dentE. Ela só não disse qual deles. hauhauhauhahauhauhaua!
:P

Desgraça pequena é bobagem

Passei o fim de semana inteiro, a Segunda-Feira e a Terça estudando para a prova de hoje, quando chego na faculdade achando que estava A-B-A-F-A-N-D-O e que sabia de tudo sou informada pelos meus colegas que eu estava calculando tudo errado. Daí desisito de fazer a tal prova e saio da sala buscando outros rumos que sejam os mais longes possíveis do professor, em cuja cabeça não poderia passar a idéia de que eu estava lá, afinal eu "faltei à prova"! Pra qualquer um que perguntasse eu não fui à faculdade hoje! Mas saí que a poucos passos da sala de aula, quem é que passa na minha frente chamando pra fazer a prova? Sim! O professor. Sorte que ele estava de passando de carro e não foi preciso falar com ele. Pelo menos não por enquanto. Se ele desconsiderar o fato de eu ter ido à faculdade e não ter feito a prova e que aparentemente eu não tinha nenhum impedimento físico para tanto (meu dente tava doendo, mas acho que não conta!) eu espero sinceramente que ele deixe eu fazer a segunda chamada. Do contrário é zero e a desgraça se estenderá mais um pouco.

Hunf! =/

Nanananana! Não gostei! A extinção do controle de tração decretado pela FIA a partir dessa temporada 2008 de F1 vai acabar com as corridas. De tanto que os carros rodavam e abandonavam a prova parecia até que corrida debaixo de chuva. Não é esse tipo de emoção que eu queria, como fã, ver, às custas de acidentes.
Mas o que era aquela voz desconsolada de Galvão Bueno por causa do abandono de prova dos pilotos brasileiros? Quando ele parar de torcer e aprender a narrar eu paro de assistir corrida no mute.

Síndrome do Abraço Vazio

Não há dúvidas de que abraço é uma das melhores coisas do mundo; demonstra carinho, aproxima, conforta, é quentinho, ajuda a subir o moral baixo e é indispensável em reencontros e despedidas. Mas quando é sem sentido e surge de despropósitos chega a ser insuportável. Sabe quando fica uma coisa grudenta e sufocante? Pois é. Sabe quando quem te abraça prefere te ver pelas costas?
Blerrrrrrrrggggggghhhhhh! Eu hein?
E nos reality shows então é bizarro:
- Ai! Eu espirrei!
- Aaaaiiii! Vem cá dá um abraço.
Aaaaaffffff.

terça-feira, 11 de março de 2008

Interpol no Brasil

Sim! É hoje!
Não! Eu não vou!

domingo, 9 de março de 2008

Hein?!

Frase de Warren Buffett, cara que foi anunciado, nessa semana que passou, como o homem mais rico do mundo superando Carlos Slim e Bill Gates, respectivamente:
"Você está certo quando seus fatos estão corretos, não porque os demais estão de acordo".
Sempre acreditei nisso muito antes de ler essa frase. Os fatos não mentem, é fato.
Epa, epa, epa! Muita calma nessa hora (eita, essa é do Juvenal kkkkk), será que eu também vou ser bilionária? Hahahauahahuauhauhaua!

sábado, 8 de março de 2008

Bah!

Hoje é Dia da Mulher e blá, blá, blá. Não estou nem um pouco afim (leia-se paciência e inspiração) de divagar sobre as raízes históricas da data e minha criatividade está bem pra lá de Bagdá pra falar aqui de como é bom ser mulher, o que apesar de ser bem verdade, não vai dar pano pra manga nenhuma; digo, pra post nenhum. Parece que eu tô meio revoltada hoje; já falei do gif insistente, do fato de eu não poder ir ao show do Interpol (esse é revoltante mesmo) e agora isso. Mas quer saber? Dane-se! Olha! De novo! Hahahahahhahha!

Eeeeeuuuuuu querooooooooo!!!

A melhor banda do mundo vai estar no Brasil e manga pra mim: eu não vou poder ir ao show pelo simples fato de morar no Nordeste brasileiro que por sua vez não merece receber shows internacionais. sim porque se a gringaida vem tocar em terras tupiniquins isso se resume ao Sul do país. Não, caros ignorantes, nem só de forró e axé vivemos. Não sei porque não podem trazê-los pra cá. A culpa não é da banda :P
Sou viciada em Interpol, ouço praticamente TODOS os dias. Melodias perfeitas, uma guitarra quase falante, vocais únicos e afinados, baixo pesado e bateria insistentemente eficiente. Poesia cantada, um tipo de trovadorismo moderno, pós-punk revisitado, a complexidade do denso com o delicado soando juntos e tocando fundo na alma. Interpol.



"Oh, I will surprise you sometime. I'll come around when you're down..."

Gggrrrrrhhhhhhhhhhhh!!!

E a coisinha rosa insiste em não sair. Aaaaaaaaaaaaffffffffffffffffff!!!

terça-feira, 4 de março de 2008

Buaaaaaaaaaáááááa!!!


Pôxa! A UEFA CHAMPIONS LEAGUE perdeu dois terços da graça hoje. O Milan perdeu. Com dois gols nos últimos minutos de jogo o Arsenal fez um 2 a 0 que eu não julgaria exatamente como justos. Embora o time inglês tenha jogado bem e tenha merecido sua vitória isso não exclui o fato de o Milan também ter merecido ganhar. Mas INFELIZMENTE não ganhou. E o pior disso é que não "seremos" campeões de nada nessa temporada. Que por falar nisso ao que tudo indica é a última do eterno e meu idolosíssimo Paolo Maldini; ou seja, ele não vai poder ter o gran finale que merece :( . Coisa mais chata.
Aaaaffff! Segundo a Globo.com, Kaká foi o melhor no jogo. Até parece! Ele e aquele Alexandre Pato (que deveria ser Alexandre Mula ou Burro, como queiram) foram totalmente ineficientes e em boa parte dos tempo estavam "apagados"; fora algumas arrancadas do primeiro e uns chutes beeeeeeeem pra fora do segundo o resto é conversa fiada. A Globo e sua eterna vocação pra baba-ovo. Coisinha insuportável. Isso porque perdeu, se tivesse ganho eles estariam dizendo que o Kaká levou o time nas costas que nem o Galvão e o referido site publicaram na época do título mundial contra o Boca Júniors. O que não condiz propriamente com a verdade de quem assistiu o jogo e viu que o TIME e seu TRABALHO DE EQUIPE foi vencedor. Se fosse assim ele teria carregado o time nas costas hoje "também" e o rubro negro de Milão estaria devidamente classificado para as Quartas-de-Final da UCL. Não sou hipócrita a ponto de negar que sempre há sempre os jogadores que se destacam, mas pra isso tem que existir um time por trás, pois se o time não trabalha bem esses jogadores conseqüentemente não jogarão bem. É uma questão de lógica, pois futebol é um esporte coletivo. Mas se teve alguém que brilhou no Milan hoje esse alguém não foi o Kaká. :P

sábado, 1 de março de 2008

Coisas de 29 de Fevereiro (2)

Dia de sexta-feira à noite na faculdade por si só já é um porre. Tanto que prestar atenção na aula parece fora de questão. Aí tá lá o professor falando de inventários e eu conversando baixinho com os colegas do lado assim como TODO mundo na sala. Mas pra quem ele olha e mete a bronca na frente de todo mundo? Sim! EU! Pôxa, se a bronca fosse para a turma toda, mas não; foi diretamente para mim e para mim somente. Sim, é o mesmo professor da bronca do papel picado. Baaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!