MAS QUEM DISSE QUE A ROTINA LIVRA O FIM DE SEMANA?
BLOG DE UMA VIDA SOCIAL, DIGAMOS, NÃO MUITO AGITADA...

domingo, 30 de setembro de 2007

Preso Na Escuridão

Pra quem já viu Vanilla Sky, e gostou (ou não), não deixe de ver Preso na Escuridão, como o primeiro é um re-make do último, a comparação é inevitável. E eu fico com o original. Por alguns motivos que, pelo menos pra mim, são óbvios. Gosto muito dos filmes do Cameron Crowe, mas ele fez uma escolha equivocada ao por o canastrão Tom Cruise no papel principal; papel este que no original está a cargo do ótimo (em vários sentidos hehehehe) ator espanhol Eduardo Noriega. Ele dá um banho de atuação, tanto porque, ao contrário de Cruise, ele não confunde a superficialidade do personagem com uma atuação superficial, muito pelo contrário, sabe ser intenso e verdadeiro abrindo mão da pieguice. Ah! E galã por galã eu prefiro o Eduardo, no mais clássico e perfeito estilo latino, moreno, alto, bonito e sensual. Também não senti falta da tipicamente americana cara de superprodução ou de eventuais efeitos especiais de última geração, porque filme de orçamento pequeno sempre exige mais do trabalho dos atores, já que não tem nada nem ninguém pra fazer o trabalho deles; daí passa-se a esquecer o visual do filme, que pela simplicidade em si já dá um ar a mais de realidade, e dá-se mais atenção aos papeis, aos personagens, aos atores e à própria estória. Uma curiosidade é que Penélope Cruz é Sofia nos dois filmes, e ela também está melhor no filme original.

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Eu sou o Lula Molusco

Mal-humorada
Mequetrefe
Arrogante
Pedante
Quase não saio de casa
E não gosto dos meus vizinhos!

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

"Surprises sometimes will come around"

Ultimamente dei pra sentir saudade de tudo... Não sei o porquê... tô sentindo falta do que eu deixei, do que me deixou... Saudade dos periquitos de estimação que morreram; saudades da minha gatinha Bina cujo fim eu desconheço... Saudade das minhas codornas de estimação que também já morreram (sim! eu já tive uma codorna... uma não, algumas hehehhehehheheh). Saudades do tempo em que eu ia pra festa sem me preocupar se ia terminar sozinha... Saudades do tempo em que ainda podia dizer: -Eu sou adolescente (sim, porquê depois dos 20...)! Saudades do tempo em que eu tirava nota 3 na prova da faculdade e nem ligava... Saudades até do que ainda não vi (como cantava Renato). Até aí nada de mais... O que me surpreendeu mesmo foi sentir saudade dos ex, o que se foi, o que não foi e o que eu deixei; principalmente deste último. Vê-lo com a atual namorada me fez olhar pra ele de maneira ainda mais saudosista, não porque eu queria estar no lugar dela , mas porque aquele era o lugar que poderia ter sido meu. Tá! Talvez nem fosse, mas eu não paguei pra ver, muito pelo contrário. Saudades do tempo que eu não sentia saudades dessas coisas.
Agora eu vou é dormir, pois tenho certeza de que quando eu acordar amanhã, vou sentir saudade dessas horas que passei mais na net ao invés de ter ido dormir.

sábado, 22 de setembro de 2007

A liberdade é lilás

É essa cor que a professora Telma Gurgel deu à Faculdade de Serviço Social, na UERN. A democracia dela que defende o Movimento Feminista (pintaram até a parede de lilás), mas proíbe a discreta manifestação religiosa de um grupo de meninas evangélicas que se reunem em oração nos intervalos das aulas. Por que levantar a bandeira de um movimento em nome de toda uma faculdade, não importando se os alunos são, ou não a favor? Tudo bém quando convém. É essa a democracia que existe na FASSO e em qualquer lugar. A liberdade passa a existir para quem concorda com quem "manda"; mas isso, por si só, já é inexistência de liberdade. No mais, foi convocada uma assembléia com os alunos da faculdade, e já que ninguém entrou num acordo (acordo com as "opinião" de Telma, claro), deu-se por encerrada a reunião, e parece que a questão vai ser decidida no tapetão, dentro do departamento, à margem da opinião dos alunos que não estão interessados em comprar a briga dela. Toda essa confusão só mancha a reputação de um curso cujo principal propósito é formar profissionais para servir à sociedade, como o próprio nome já diz.




Trilha sonora: The Black Magic Show, da ótima banda de NY, Elelefant.

quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Vizinhos, melhor não tê-los!!!

Pra que serve um vizinho?
Pra gente pedir açúcar, num domingo, quando o supermercado tá fechado?
Não... acho que não...
Confesso que já pedi fósforos uma vez, mais por preguiça mesmo, de ir na bodega que fica a algumas dezenas de metros da minha casa debaixo do sol do meio-dia.
Será que é pra reparar a minha vida?
Não, não, não é isso também não... Eu posso cuidar muito bem da minha vida.
Também não vejo utilidade em ser acordada as 7 da manhã do domingo com pancadas na parede dos fundos... Grito alguma coisa (acompanhada de um palavrão qualquer), em vão, pra que parem o barulho. Menos utilidade ainda é ser acordada as 7 da manhã de outro domingo com a cantoria desesperada do outro vizinho cuja religião é Testemunha de Jeová. Nada contra as pessoas expressarem sua religião, maaaas, dá pra ser um pouco mais baixo?
Se eu pudesse ia morar na mansão que a Nicole Kidman tá vendendo, mas como eu não tenho o dinheiro dela também não posso ter a casa dela...
Se bem que eu amo minha casinha, a casinha da minha mãezinha...

Fratelli e hermanos

Passando rápido só pra comentar uma notícia que me deixou bem felizinha hehehehehhehehe...


RANKING DA FIFA


1. Itália (3) - 1.488 pontos
2. Argentina (2) - 1.451
3. Brasil (1) - 1.444
4. Alemanha (5) - 1.330
5. Holanda (7) - 1.246
6. França (4) - 1.220
7. Espanha (8) - 1.178
8. Portugal (10) - 1.169
9. Inglaterra (12) - 1.165
10. Croácia (6) - 1.151


Só não entendi a Croácia em 10°, a frente do México. Maaaaaas o importante é que a selixão tá em 3° atrás das minhas queridas Argentina e Itália.

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Ouvindo...


1.Bettlebum - Blur
Não sei porque o pessoal do Oasis não gosta deles, as músicas são tão legais, e o Damon Albarn tem o dom de se reinventar das maneiras mais maravilhosas possíveis.
2.Train - Goldfrapp
Sonzinho repetitivo, hipnótico que, pasmem, não enjoa.
3.Obstacle 1 - Interpol

Uma das melhores bandas da atualidade, talvez a melhor. E o Paul Banks é tão fofo, escreve tão bem, um trovador moderno... Som tenso e delicado, voz forte.
4.Sweet Cloud - The Kills
Música esquisita, feita por gente esquisita, para gente esquisita.
5.Slave to Love - Bryan Ferry
Flashbakcão mesmo, é um vício, totalmente não-condenável.
6.Magic - Stimulator
Regravação da chatinha Olívia Newton-John.
7.Breath Me - Sya
Letra legal, arranjo legal, voz legal. Eu adoro essa música!
8.Million Ways - OK GO
O clip é hilárioooooooooo!!!
9.Better Man - Robbie Willians
Eu não curto muito o cantor não, mas gostei dessa música porque a voz dele tá bonita e a temática é interessante.
10. Circus - The Sights
Ótima banda. Mistura perfeita de White Stripes com The Doors.

No camiseiro

Eu tô com raiva do meu celular! Mas não é culpa dele não, ele tá velhinho, arranhadinho, mas eu gosto tanto dele...
Meu celular só toca nas horas que eu não posso (não quero) atender.
Um amigo disse que meu celular vive dentro do camiseiro, entocado, pra que eu não ouça ele tocando (mas o toque é bem bonitinho: Riders On The Storm, do The Doors...)
Tipo, eu to assistindo The Closer, minha série favorita, legendada apesar de ser na TNT, e tá lá "fulano" chamando... eu não atendo, não.
Meus amigos que me perdoem, mas eles sabem que eu sempre retorno as ligações.
Isso quando eu não deixo desligado uns 3 dias seguidos.
Talvez eu ainda seja do tipo que acha que celular é só pra necessidade, emergência, ou afins. Mas é que não vejo sentido em gastar 90 centavos por minuto pra ouvir silêncio, ou coisas que não quero, ou palavras com sabor de doce de goiaba (Rubens voce sabe o que eu quero dizer...) . Ah, também serve para uma novidade urgente que tem que ser compartilhada com suas melhores amigas, porém, coisa rápida. Eu poderia dizer que prefiro uma boa conversa olho no olho, mas a verdade é que sou muito tímida e quando alguém me fita, a primeira coisa que faço é procurar um buraco pra enfiar a cabeça. No fim das contas, isso é só um gosto pessoal de alguém que não gosta de muita coisa mesmo, mas a mania de querer dar sentido a tudo me faz procurar propósitos freudianos até em trivialidaes comuns a minha irreverente pessoa.

domingo, 16 de setembro de 2007

Tá brabo!

E já que a crise chegou até aqui... vamos pois a mais uma súmula esportiva de domingo, dessa vez com a fórmula 1. Raikonnen (o melhor piloto da atualidade) ganhou de novo, o que é muito bom, Massa ficou em segundo, o que também é bom (mas minha felicidade foi maior quando ele quebrou no GP da semana passada)... To triste com a McLaren; acho que os torcedores (como eu) estão se sentindo como os corinthianos quando souberam que o campeonato foi comprado. É realmente lamentável, num mundo onde tudo, absolutamente de tudo vira comércio, sejam informações, espionagem, orgãos e o amor dos torcedores seja por um time, seja por uma escuderia, etc.

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Parabéns atrasado

Mais um "aniversário" dos atentados do 11 de Setembro se passou essa semana, e quem aparece para a festa? O Excelentíssimo Sr. Osama Bin Laden. Melhor seria se ele não tivesse dado as caras, porque convenhamos, aquele ali não assusta mais ninguém, exceto aos americanos, convencidos de que a "Guerra Contra o Terrorismo" faz algum sentido... e louco por louco eu tenho medo mesmo é das insanidades do Bush. A aparição só serve para alimentar os argumentos do presidente americano do porquê é preciso cada vez mais dinheiro para financiar tal guerra. Aí já viu, a imprensa faz uma balbúrdia tamanha sobre o caso. Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaffffffffffffffffffffffffffffff. Acordaaaaaaaaaaa, o Renan foi absolvido, o Dirceu sumiu, a Saúde tá um caos, Mato Grosso tá pegando fogo.
A sociedade é incomensuravelmente estúpida ou profundamente estúpida. Claro que atacar um país tão poderoso daquela forma, foi no mínimo, ousadia, e algums chegaram a "prever", em vão, catástrofes epopéicas. Mas, por mais piegas que seja afirmar isso, essa data guarda uma lição tão óbvia quanto ignorada pelos demais. Quantos chegaram a pensar claramente na enorme parcela de culpa que os própios americanos tem na história? Não estou dizendo que o fundamentalismo islâmico, burro e radical, tem sentido, o que estou dizendo é que ninguém quer lembrar quantas vidas inocentes (ou não) o Tio Sam já fez o mundo perder... ou ganhar. O próprio Bin Laden. God Bless America. Esse God aí não é diferente do Alá "deles" não. Porque nenhum existe. O que existe são motivos políticos e históricos; são lutas irracionais por pedaços de terras, recursos e apoio político. E ainda têm a audácia de meter Deus nessas coisas! Deus não vai abençoar a guerra de NINGUÉM!!! Os EUA já cometeram todo tipo de crimes em nome de uma democracia que não existe, ou que no máximo só serve pra eles e olhe lá. E ainda tem gente que legitíma isso. A imprensa então, nem se fala... Os atentados não vieram de graça, diferente das vidas que se perdem, porém, eu pergunto: - Alguém aí, que chorou vendo as imagens da tragédia, chorou também pelas pessoas que morreram e que morrem todos os dias pelas acções miltares (economicas) dos americanos pelo mundo? Eu não vi lágrimas pelos iraquianos, pelos afegãos, pelos sérvios, pelos croatas, pelos vietnamitas, etc. etc. etc.
Essa data nada mais é que um grande circo, com um picadeiro de guerras armado em nome da democracia de God, no qual o palhaço-mor George W. Bush distrai a todos, justificando um espetáculo de mau gosto e sem graça, na desculpa de combater um inimigo invisível. Todos têm o direito de lembrar e chorar seus mortos sim, claro. TODOS! Principalmente se forem arábes, latinos ou asiáticos.

domingo, 9 de setembro de 2007

E deu Federer... de novo!!!

Aconteceu o que - quase - todo mundo já sabia: Federer venceu mais um U.S. Open. Claro que o Djokovic mostrou que tinha jogo pra ganhar dele, mas com apenas 20 anos de idade, não foi dessa vez. Mas será. Os números do jogo demonstraram o equilílibrio de uma partida que foi decidida nos detalhes; venceu quem errou menos, e assim, não só o talento como a experiência de Roger Federer falaram ligeiramente mais alto na final do torneio. Confesso que já tá ficando meio chato ver o Federer ficar levantando tantos troféus, mas fazer o quê, tem Roland Garros, que é o único Grand Slam que ele ainda não tem e se depender do Rafa Nadal , não terá tão cedo, pelo menos nesse minha torcida contra não é à toa. No mais, pra não ficar falando o óbvio, foram duas semanas de grandes jogos e o Novak Djokovic mostrou que não precisará ganhar a vida com as - ótimas, diga-se de passagem - imitações dos tenistas do circuito e já garante seu espaço nesse mundinho difícil e cheio de reviravoltas do tenis profissional.
Obs. Não pude deixar de notar o Gavin Rossdale sentado ao lado da namorada do Federer...

sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Os incomodados que se mudem

Nunca fui a rainha da simpatia, não gosto do que todo mundo gosta; sou careta mesmo, excentrica, alternativa. Por quais motivos eu não me encaixo? É mesmo muito fácil rotular e condenar quem é diferente. É sempre mais fácil não se posicionar. Mas e daí? Eu não devo satisfação, mas o que conta é que meu espaço quem faz sou eu independente da falta de vontade alheia! Afinal não sou eu a "briguenta, bruta, chata, revoltadinha"? Tá achando ruim? Mude-se você. Aliás, tem gente que não sabe fazer outra coisa além de retirar-se. Deve ser muito difícil mesmo conviver com uma consciência que nega a própria realidade que o cerca. Um tipo de esquizofrênia e debilidade sociais que fazem com que os covardes tenham tantos dedos pra apontar quanto falta de sensibilidade. Talvez seja mesmo difícil agradar a mim, mas eu apenas vejo como óbvio o que a maioria teima em negar que existe, tratando como novidade. Quem não tem coragem de dar a cara à tapa que não venha bater na minha. Se não fazem nada, então não me impeçam de fazer. Se já não falam por não terem o que dizer, que não venham tentar calar minha voz!

O saldo do feriado

Faxina na casa .......................... R$ 30
Apostilas de OSM ..................... R$ 3
Assistir à semi-final do U.S. Open Tennis pela tv................ R$ 0
Ampliação das arquibancadas para o desfile do 7 de Setembro em Brasília................ R$1.200.000
Ver um desfile do 7 de Setembro ser cancelado por causa da invasão de grevistas em protesto................. NÃO TEM PREÇO!!!



p.s. Eu não entendo como se pode comemorar uma festa de uma coisa que não existe às custas do bolso do contribuinte que não desfruta dessa tal "independencia" que dizem existir por aí...

Sobre lulas, leões e caranguejos...

Lula diz que a arrecadação aumentou, mas os impostos não; ele justificou isso como sendo uma melhor eficiência. O que ele não idsse é que esse dinheiro, está sendo gasto da forma menos eficaz possível!
Lula diz que o CPMF é justo; oras, até parece. Ainda teve a audácia de completar que se alguém quiser acabar com o famigerado imposto, que crie outro pra pôr no lugar. Sem querer querendo ele respondeu à uma pegunta que milhões de brasileiros (e até estrangeiros) fazem diariamente: a carga tributária brasileira vai diminuir um dia? A resposta é óbvia: Não! Disso já sabíamos. Mas como brasileiro não desiste nunca e a esperança é a última que morre e blá, blá, blá, esperávamos que um dia isso pudesse ser possível. Ledo engano. O "Leão" tá fazendo o Brasil andar pra trás que nem caranguejo.